• 0
  • 0 R$0,00

    Bolsa de compras

    • Nenhum produto no carrinho.

Nossa Senhora do Sorriso

O que inspirou a artista Ir. Angélica a esculpir a Imagem de Nossa Senhora do Sorriso

Conheça o que inspirou a artista Ir. Angélica Balan, pddm a esculpir a Imagem de Nossa Senhora do Sorriso

A obra Nossa Senhora Maria do Sorriso nasceu de uma nova concepção de Maria, Mãe de Jesus. O conjunto de escultura se desvincula dos cânones de uma figura tradicionalmente recolhida em meditação, imersa na oração, frequentemente representada com os olhos baixos e as mãos postas. De fato, a maioria das imagens no passado se concentrava, sobretudo, em representar os momentos mais dramáticos da vida de Maria e de seu Filho. Entre os títulos mais importantes que lhe foram atribuídos, é aquele “de Corredentora do gênero humano” pela sua plena adesão à vontade de Deus.

Trabalhando pessoalmente com a arte sacra e, especialmente com a escultura, gosto de pensar e representar Maria como o Ícone vivo de uma constante união com Deus, que supera com serenidade e paz, a prova da fé na hora da dúvida e do sofrimento. Aquela paz que nasce do abandono de toda a sua vida nas mãos de Deus, seu criador.

Com esta prioridade, ela atrai a si toda a complacência de Deus que eu procuro expressar através de seu perene “sorriso”. Maria é a perfeita cristã que se fez pequena diante dos desígnios de Deus e, por isso, Deus se inclinou e realizou nela grandes prodígios.

Frequentemente trabalhando o barro gosto de dar vida:

  1. Ao “sorriso escondido” e complacente de Maria nas Bodas de Caná;
  2. A sua “intensa vida interior” e o seu estado de ânimo diante da adoração dos pastores e dos Magos, na gruta de Belém;
  3. A sua “incontida alegria e êxtase de fé”, transformada em experiência, ao contemplar o seu Filho Ressuscitado.

Examinando a escultura de Nossa Senhora Maria do Sorriso notamos como ela dá o passo para ir ao encontro de todos os que se aproximam, levando consigo o Menino Jesus.

Os lábios abertos ao sorriso, acompanhados pelo olhar, cobrem o seu rosto de luminosidade, conferindo-lhe aquele aspecto de inalterável juventude, que eu entendo sempre imprimir na matéria para que se transforme em meio expressivo e comunicativo da novidade perene de tudo aquilo que vem do alto, e se faz história de toda experiência autêntica da nossa fé.

O todo da figura está em movimento enquanto que a veste se alarga alcançando os pés.

O Menino Jesus se afasta do corpo da mãe e se apresenta na sua individualidade, obtendo assim um bloco escultórico único, mas diferente na sua representação e significado. O Menino se apresenta com os braços abertos, está vivo e ativo pronto para acolher todos aqueles que se aproximam e O invocam.

O gesto dos braços abertos que fazer alusão aos braços pregados na cruz, mas também sempre prontos a abraçar a inteira humanidade. A mão esquerda de Nossa Senhora Maria do Sorriso está estendida para baixo no intuito de se colocar como ajuda a todos os credentes no caminho que leva ao seu Filho “como promessa de vida”.

Ir. Angélica Balan é Pia Discípula do Divino Mestre da Itália. Ela veio aqui no Brasil e esculpiu a imagem Nossa Senhora Maria do Sorriso para o Apostolado Litúrgico para ser comercializada aqui. É uma imagem feita em fibra e sua pintura é feita manualmente. Isto concede a cada uma uma singularidade.

Existes 4 tamanhos para a imagem: 126 cm; 88 cm; 45 cm; 30 cm. A imagem de 30 cm pode ser encontrada também em tom cerâmica.

Deixe uma resposta