O Cálice, um pouco de história

A palavra cálice (do latim calix ou kylix do grego) indica copo ou taça comum para se beber, mas para os primeiros cristãos possuía um significado mais profundo, pelo fato de seu uso estar ligado ao divino ”Sacrifício”, isto é, ao cálice da paixão de Jesus da qual faziam memória na Ceia ou ‘fração do Pão’.
Para nós, hoje, o cálice é o vaso em que se consagra o vinho durante a celebração eucarística. Seu uso, para a comunhão, é muitas vezes, limitado ao celebrante, mas nas origens da Igreja, o cálice era usado para a comunhão igualmente dos fiéis sob a espécie de vinho, prática esta, que se perdeu no século XII.
No começo, a Igreja usava também cálices de vidro de uso comum, mas depois, segundo Tertuliano ((150-220 d.c) começou-se a decorá-los com símbolos cristãos. Alguns eram feitos, em metais preciosos ouro, prata, e decorados com pedras; ágata, ônix, etc. Mas com o declínio da arte em decorrência da crise econômica, que se deu na Alta Idade Média (século V ao século X), começaram-se a produzir cálices de materiais considerados menos nobres, como ferro, chumbo, chifre de animais e madeira, com formas carregadas e ásperas.
Somente nos séculos XI e XIV, alcançou-se uma nova elegância das formas, dada pela arte renascentista e barroca, mas com marcada tendência para as formas sóbrias da melhor Idade Média.

O Cálice na Palavra de Deus.

Na Bíblia, o termo cálice surge várias vezes, tanto no Antigo como no Novo Testamento. às vezes com sentido literal, como sendo um recipiente, um vaso próprio para se depositar determinado líquido, outras vezes o termo é usado em sentido figurado, ou seja, seu sentido está ligado às bênçãos ou julgamentos de Deus a um povo, nação ou pessoa.
No Antigo Testamento podemos encontrar referências ao termo cálice nos seguintes livros:

• Gênesis 40,11.13; 1Reis 7,26;
• 2Crônicas 4,5;
• Salmos 11,6; 23,5; 75,9; 116,13;
• Isaías. 51,17.22;
• Jeremias 16,7; 25,15; 51,7; dentre outros.

publicidade

Já no Novo Testamento, as passagens que falam sobre o vaso estão em:
• Mateus 10,42; 20,22; 23,25; 26,27.39;
• Marcos 7,4; 9,41; 10,38; 14,23.36;
• Lucas 11,39; 22,17.20.42;
• João 18,11; 1Coríntios 10,16.21; 11,25.28;
• Apocalipse 14,10; 16,19; 17,4; 18,6)
Portanto, esta expressão, em seu sentido material, literal, quer indicar qualquer utensílio ‘’usado para tomar líquidos, seja copos de argila ou também cálices’’. (Luiz da Rosa)

Fonte: Decoro e Belezza nella casa di Dio; A Bíblia.org

1 comentário em “O Cálice, um pouco de história”

  1. Ler a Bíblia é realmente uma prática enriquecedora, que vai além de um simples ato de leitura. Ela nos oferece sabedoria, conforto e direcionamento espiritual. É incrível como cada vez que mergulhamos nas escrituras, descobrimos algo novo e relevante para nossas vidas. Obrigado por compartilhar essa reflexão inspiradora!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Seu carrinho está vazio.

Retornar para a loja

sobre nós

coleções

finalizar

minha conta

coleções

Commercial delivery

Produtos

vestuário

Apostolado Litúrgico Brasil