• 0
  • 0 R$0,00

    Bolsa de compras

    • Nenhum produto no carrinho.

Desde sempre a Igreja conservou a Eucaristia em vista do viático para doentes. Só na Idade Média, após o debate sobre a presença real, vai-se formando na opinião eclesial a necessidade de uma conservação eucarística em função da Adoração e do culto Eucarístico fora da missa. A orientação é que o Sacrário seja o lugar onde se guarda a reserva eucarística para os doentes e também seja lembrança contínua da ceia de Jesus e do lava-pés, sendo referência para oração pessoal. Recomenda-se que o sacrário seja discreto e belo, colocado num oratório, fora do espaço da celebração. Se for colocado no presbitério, nunca sobre o altar. Deslocado à direita ou à esquerda, pode estar embutido, fixado na parede ou sobre uma coluna de apoio.